Vença suas Limitações

By | 31 de maio de 2014

Nem só de sonhos vive o homem, mas de suas limitações. Porque digo isso? Porque todas as pessoas, sem exceção, possuem limitações, sejam físicas ou psicológicas. E é o grau de importância que se dá a uma limitação que determina o sucesso ou o fracasso.

Há casos de pessoas que nunca dão um passo em direção aos seus sonhos, pois se consideram incapazes de realiza-los, outras chegam ao ponto de estar faltando apenas o último passo, mas ali a pressão de suas limitações o fazem recuar. A verdade é que em maior ou menor grau, todos sofremos com nossas limitações. Então, o que fazer para que se vença as limitações?

Vença suas Limitações

Vença suas Limitações

Não ignore suas limitações, confronte-as

As limitações psicológicas são bastante complexas, pois decorrem de um histórico muitas vezes não tão identificável. Algumas pessoas simplesmente acham que não vão conseguir algo porque não são capazes, mas quando questionados por que acreditam desta forma, dificilmente conseguem oferecer uma resposta racional, o máximo que conseguem são desculpas inconsistentes. Mas a limitação continua lá, resistindo à mais contundente falta de argumento.

O primeiro passo para derrota-las é o reconhecimento. Porque eu acho que não vou conseguir? Liste as razões e comece a confronta-las. Se encontrar uma razão que resiste, separe-a para que você possa tratar dela com uma atenção mais especial.

Quanto às limitações físicas, estas logicamente são aparentes, mas na maioria das vezes estas limitações são superestimadas pelas psicológicas. Não faltam histórias de superação para confirmar isso. Tenho uma aluna que necessita de cadeira de rodas para se locomover, dentre outras dificuldades. Mas ela todo dia vence suas limitações. É inteligente. Tive o prazer de orienta-la no curso de Montagem e Manutenção de Computadores e hoje, na cidade dela, trabalha com isso, além de cuidar de uma mercearia e realizar outros trabalhos na área de informática.

Mary vence suas limitações

Eu venço todo dia minhas limitações

No seu blog Mary em Busca dos Sonhos reúne outros amigos que contam suas histórias de superação. Conheço também um cientista, que com certeza você também conhece, chamado Stephen Hawking, o qual é tetraplégico e perdeu a voz, mas com o auxílio das tecnologias computacionais fala novamente e inclusive dá palestras. Se fosse citar outros, seria uma lista enorme, no entanto, o que quero dizer é que cada uma dessas pessoas reconhece suas limitações físicas, mas venceram as psicológicas, podendo avaliar o que poderiam ou não fazer. Muitas das coisas que poderiam acreditar ser incapazes de realizar se revelaram possíveis, quando confrontaram suas limitações.

Foque em suas habilidades

Assim como ignorar suas limitações é um erro, manter o foco nelas e ignorar suas habilidades é sinônimo de fracasso. Deixando de lado as limitações, quais são suas habilidades? Liste-as. Depois de você listar suas habilidades atuais, liste outras que você acredita ser possível desenvolver. Combine-as, defina o seu “superpoder”.

Eu não tenho habilidade! Como assim? Parece que o seu caso de limitação psicológica é grave. Todos temos habilidades em alguma coisa, principalmente em algo que nós gostamos. O que acontece é que as vezes não vemos utilidade para esta nossa habilidade e não a utilizamos a nosso favor. E, quando não a utilizamos, não a desenvolvemos, gerando a falsa ideia que não temos nenhuma habilidade.

Foco - Vença suas Limitações

Foque nas habilidades

Busque o autoconhecimento e elimine o preconceito de si mesmo

As duas dicas anteriores levam você a um processo de autoconhecimento, permitindo que se liberte de falsos conceitos de que é incapaz de algo. Isto também ajudará você a não superestimar suas capacidades. Na prática você estará colocando limites aos “superpoderes” tornando-os poderes reais. Chegando ao equilíbrio e este equilíbrio elimina toda a dúvida que faria você cambalear e cair da corda bamba.

Por último quero lembrar você de um velho ditado, que pode até ser considerado clichê, mas que exemplifica muito bem a nossa postura ideal diante das limitações: “a água nunca discute com os seus obstáculos, mas os contorna” e eu digo mais, com o passar do tempo muitos obstáculos são vencidos e até destruídos pela água. O que falta para que você vença suas limitações?

Deixe seu comentário, concorde, discorde. Fale de suas limitações, conte sua história de superação e de sucesso, ou apenas fale de seus problemas. Quero ouvir você.

 

Deixe uma resposta